O que mudou no mercado imobiliário?

Compartilhar:

Logo do Facebook Logo do Linkedin Logo do WhatsApp

As mudanças no mercado imobiliário podem ser vistas em diferentes aspectos. Ao longo dos últimos anos, algumas dessas mudanças foram ocorrendo de forma mais acentuada e em 2020 podemos observar que muita coisa mudou.

Apresentamos a seguir os principais pontos, no âmbito da economia, do comportamento social e da tecnologia que influemciaram diretamente no mercaco.

Economia

O ano de 2020 se iniciou com uma expectativa de crescimento do mercado imobiliário, mas logo no final do primeiro trimestre, o mundo foi ameaçado pela pandemia que trouxe consequências para a economia geral e do Brasil. Hoje a SELIC está em 2% ao ano, por conta de uma política monetária de estímulo à economia, decorrente de um histórico recente de recessões mas também por conta da pandemia.

Entretanto, com a Selic baixa e, consequentemente, reduções nas taxas de juros de financiamento imobiliário nos bancos, o momento tornou-se extremamente favorável para comprar um imóvel, para quem tem renda estável e capacidade de pagamento. Além disso, com as sucessivas reduções da SELIC, o custo de oportunidade de deixar o dinheiro alocado em investimento de renda fixa diminuiu. Nos anos anteriores, deixar um valor relativo ao da entrada de um imóvel em um investimento conservador resultava em um rendimento mensal suficiente para pagar o aluguel, fazendo o consumidor abrir mão da casa própria.

Outras mudanças vêm ocorrendo relacionadas às facilidades de crédito oferecidas pelo mercado, como carências maiores e entradas facilitadas, que tornam ainda mais atrativa a compra de um imóvel.

Comportamento

Até um tempo atrás a tendência de mercado nos grandes centros urbanos eram os apartamentos pequenos ou studios, que possuem condomínio com maiores áreas compartilhadas. O ano de 2020, com a chegada da pandemia e consequentemente com a maior adesão do home-office, tem provocado algumas mudanças nos desejos das pessoas.

Ao que tudo indica, as pessoas passarão a buscar por residências mais amplas, com maior divisão de cômodos ou com um cômodo extra, destinado à construção de um escritório. Isso porque o trabalho remoto tende a ser aderido mesmo após a pandemia por boa parte das empresas. Assim, as pessoas tenderão a buscar por casas mais espaçosas e com um ambiente que sirva como escritório. Há ainda uma expectativa que, com a adoção do home office, a busca por locais mais afastados dos grandes centros vai aumentar.

Tecnologia

A principal mudança que vem ocorrendo nos últimos anos no setor imobiliário é a forma de venda e divulgação dos imóveis. O ambiente digital vem ganhando cada vez mais forças no setor. No exterior existem empresas muito sólidas utilizando da tecnologia para melhorar os processos de venda e aluguel de imóveis. No Brasil algumas empresas como a EmCasa veem ganhando destaque.

O processo de digitalização da compra de propriedades fez com que o mercado imobiliário 2020 não parasse e, ainda por cima, as burocracias da aquisição de um imóvel diminuíssem. O isolamento social também gerou a adaptação de muitos processos, utilizando a tecnologia como meio de tornar as coisas mais simples. Com o fechamento de alguns estabelecimentos, como o cartório e agências bancárias, as assinaturas eletrônicas passaram a ser aceitas, facilitando ainda mais quem procura comprar ou vender um imóvel de forma simples e rápida.

A Emcasa começa a despontar como uma das empresas mais promissoras no setor. A tecnologia está presente em diversas frentes da empresa, desde a avaliação do valor do imóvel com base em algoritmos matemáticos, tour virtual em 3D, forte investimento em publicidade online e visitas virtuais até a recomendação de imóveis baseada no perfil do cliente.

A EmCasa possui a tecnologia como um de seus pilares e com ela, tem se destacado positivamente frente ao mercado. Quer comprar ou vender um imóvel? Conheça o nosso site ou converse com um dos nossos especialistas!

Onde você quer morar?

Conheça nossas casas e apartamentos à venda no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Encontrar imóveis