Jardim Botânico: Icônico e encantador

Compartilhar:

Logo do Facebook Logo do Linkedin Logo do WhatsApp

Conhecido como um dos bairros mais verdes do Rio de Janeiro, o Jardim Botânico representa um respiro natural em uma cidade tão grande e movimentada, oferecendo um clima mais ameno em meio às escaldantes ruas cariocas.

O bairro do Jardim Botânico tem características extremamente residenciais, e hoje, vamos te mostrar porque você deveria considerá-lo para o seu próximo lar.

Origem

Nos tempos coloniais, a região que agora é ocupada pelo bairro era composta por várias fazendas, abrigando um engenho de açúcar e até mesmo uma fábrica de pólvora. 

O bairro de fato só teve início após a criação de um dos mais importantes pontos turísticos da cidade, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, que dá nome ao bairro. O Jardim foi criado no ano de 1808 com a chegada de D. João VI juntamente com a família real ao Brasil, que gostaria de aproveitar o terreno da região para plantação de especiarias, muito valiosas naquela época. No bairro ainda é possível encontrar algumas mansões em meio a natureza que preservam o estilo de arquitetura da época.

Custo do metro quadrado

O Jardim botânico é constituído principalmente de população de classe média e alta. O preço dos imóveis varia em torno de R$13.500 por metro quadrado, um preço bem abaixo da média praticada na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

Por conta do valor médio do seus imóveis, o bairro se mostra uma opção muito atraente para as pessoas que desejam se mudar para a região – que possui uma ótima infraestrutura – ao oferecer um estilo de vida muito mais conectado a natureza, em contraponto ao estilo praiano do restante da cidade.

Locomoção

Cercado pelos bairros da Lagoa, Gávea, Humaitá e Alto da Boa Vista, o Jardim Botânico tem como uma das suas principais vias, a Rua Jardim Botânico. Esta se estende por todo o bairro e é um dos mais importantes eixos viários da Zona Sul por conectar os bairros vizinhos Humaitá e Gávea e também por direcionar à Avenida Padre Leonel Franca, que dá acesso à Zona Oeste da cidade. O bairro também se conecta a Zona Norte do Rio de Janeiro através do Túnel Rebouças, que se encontra próximo a divisa com os bairros da Lagoa e Humaitá.

O bairro não conta com estações de metrô, porém, com o transporte público, é possível chegar a ele com a linha de ônibus Metrô na Superfície, que liga o ponto de ônibus Jardim Botânico, presente no bairro, à estação de metrô Botafogo.

Turismo e Lazer

Sem dúvida, o ponto mais conhecido do bairro é o que vale mais a pena a visita. O Jardim Botânico do Rio de Janeiro possui 540 mil metros de área cultivada e mais de 3400 espécies de plantas originadas do mundo todo. É um passeio para todas as ocasiões, seja em família, casal, ou até mesmo sozinho para caminhar em meio ao incrível corredor das gigantes palmeiras imperiais presentes no parque.

Hoje, além de demonstrar sua beleza, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro funciona como um importante polo de pesquisas sendo considerado uma reserva da bioesfera da Mata Atlântica pela Unesco.

O bairro conta também com outro importante parque da cidade, o Parque Lage, que oferece outra oportunidade de contato com a natureza. Em um casarão histórico da cidade, fica a Escola de Belas Artes, que frequentemente hospeda exibições artísticas . O prédio possui características arquitetônicas da renascença italiana e possui uma área interna com uma piscina que oferece uma maravilhosa vista, de um ângulo não muito costumeiro, do Corcovado e do Cristo Redentor.  A dica dos cariocas é: reserve um dia para tomar um encantador café na manhã no Plage Café (mas se quiser garantir um mesa, chegue cedo!).

O bairro também é conhecido por abrigar a sede administrativa da Rede Globo de Televisão. Foi no bairro que a emissora iniciou sua história, tendo construído, em 1975, o Teatro Fênix, famoso por ser o local de gravação dos mais conhecidos programas de auditório da emissora, como os programas da Xuxa e do Chacrinha, apresentador esse que possui, em sua homenagem, uma estátua de bronze em uma das ruas do bairro. O teatro foi demolido em 2010 e no local hoje se encontra um prédio empresarial.

Viver no Jardim Botânico é como estar dentro de um filme. Conheça os mais lindos imóveis dessa região no site da EmCasa!

Onde você quer morar?

Conheça nossas casas e apartamentos à venda no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Encontrar imóveis